Ver o conteúdo principal

Pós-Graduação em Geospatial Intelligence

GEOINT

Pós-Graduação em Geospatial Intelligence

O programa de certificação graduada em Geospatial Intelligence (certificado GEOINT), acreditado pela United States Geospatial Intelligence Foundation (USGIF), disponibiliza educação e formação em conceitos científicos, métodos e tecnologias geoespaciais chave utilizadas na resolução de problemas de segurança humana a nível global, incluindo desastres naturais, crises humanitárias, riscos ambientais, operações militares, violência política, saúde pública e desafios no acesso a fontes de alimentação. A USGIF é a única organização que providencia acreditação universitária na área da GEOINT, sendo a líder mundial nesta área.

Este curso tem como objetivo principal a formação de técnicos capazes de aplicar conhecimentos de processamento de imagem e deteção remota, ciência da informação geográfica, informática e processos analíticos à inteligência geoespacial, bem como selecionar, utilizar, sintetizar e demonstrar as técnicas, aptidões e ferramentas necessárias à solução de problemas de inteligência geoespacial.

Usgif 661X593

Programa acreditado pela USGIF, líder mundial na área da Inteligência Geoespacial

Saber mais
slider item
A seguir

Próxima notícia

Entidades Parceiras

  • Academiamilitar
    Academia Militar
  • CENTROGEOSPACIAL (3)
    Centro de Informação Geoespacial do Exército
  • USGIF
    United States Geospatial Intelligence Foundation
  • Vagas

    Regime

    Pós-Laboral

  • Media

    Duração e ECTS:

    2 semestres
    letivos (60 ECTS)

  • Semestres

    Frequência

    2 a 3 vezes
    por semana

  • Lingua

    Data de início

    setembro

Destinatários image

Destinatários

Esta Pós-Graduação, com acesso ao Certificado GEOINT, destina-se a todos aqueles que pretendem trabalhar ou já trabalham em campos relacionados com a GEOINT, tais como, resposta a emergências e desastres, alterações ambientais, segurança nacional e empresarial. Este certificado é particularmente relevante para técnicos integrados em:

  • Unidades militares de informação geoespacial;
  • Agências humanitárias, nacionais e internacionais, bem como organizações não governamentais com ação em regiões geopolíticas em conflito;
  • Organizações com contratos na área da defesa;
  • Avaliações de alterações do uso do solo e das condições físicas da superfície terrestre (impactos da seca, fogo, pragas, condições costeiras/marítimas, e desastres naturais;
  • Agências governamentais na área da administração interna, estatística, cooperação internacional, serviços de informações e defesa.

Objetivos

De acordo com os critérios de acreditação da USGIF, os pós-graduados em GEOINT sabem:

  • Aplicar conhecimentos de processamento de imagem e deteção remota, ciência da informação geográfica, informática e processos analíticos à inteligência geoespacial;

  • Pesquisar e interpretar dados e conduzir análises complexas;

  • Trabalhar num ambiente colaborativo;

  • Selecionar, utilizar, sintetizar e demonstrar as técnicas, aptidões e ferramentas necessárias à solução de problemas de inteligência geoespacial.

Plano de Estudos

O plano de estudos deste curso é composto por 10 unidades curriculares: 

Semestre Outono

Unidades Curriculares ECTS
Análise de Imagem Radar 4
Ciência e Sistemas de Informação Geográfica 7,5
Deteção Remota 7,5
Informações para Defesa e Segurança 7,5
Técnicas Analíticas Estruturada para a Análise de Informações 4

Semestre Primavera

Unidades Curriculares ECTS
Geospatial Intelligence (GEOINT) - CAPSTONE 7,5
Interpretação de Imagens (IMINT) 7,5
Modelação em Sistemas de Informação Geográfica 7,5
Social Network Intelligence 4
Tópicos avançados em Geospatial Intelligence 4

Unidades Curriculares

  • Semestre Outono

    Análise de Imagem Radar (4 ECTS)

    Ao concluir a unidade curricular o aluno deve ter atingido os seguintes objetivos:

    • Conhecer os fundamentos teóricos básicos associados à imagem de Radar e de Synthetic Aperture Radar (SAR);

    • Reconhecer as vantagens e desvantagens deste tipo de imagem em relação a imagens óticas;

    • Conhecer os princípios básicos para análise e interpretação de uma imagem de SAR;

    • Conhecer as diversas aplicações para este tipo de imagem:
      • Deteção de alterações no terreno;
      • Aplicações ambientais;
      • Interferometria SAR;
      • Geração de modelos digitais do Terreno.

    Ciência e Sistemas de Informação Geográfica (7,5 ECTS)

    Esta unidade curricular constitui uma unidade introdutória ao campo de estudo da Ciência da Informação Geográfica. Estabelece os componentes chave da disciplina e dá particular ênfase à relação entre tecnologia, dados, métodos e organizações.

    Proporciona uma introdução ao desenvolvimento, à terminologia desta disciplina e aos grandes domínios de aplicação dos Sistemas de Informação Geográfica.

    Os principais objetivos da unidade curricular são:

    • Fornecer uma ampla descrição do âmbito e natureza do campo de estudo da Ciência da Informação Geográfica;

    • Definir a natureza dos SIG e dos componentes chave da área de estudo da Ciência & SIG;

    • Estabelecer as relações entre a tecnologia, dados, métodos e organizações no uso de Sistemas de Informação Geográfica;

    • Apresentar os principais eixos problemáticos associados ao uso de SIG;

    • Identificar as principais questões relacionadas com o desenho, criação e funcionamento de SIG.

    Deteção Remota (7,5 ECTS)

    No final da unidade curricular o aluno deve ter adquirido as seguintes competências (i.e. resultados de aprendizagem):

    • Descrever os tipos de medições que podem ser realizadas por satélite e explicar, com base nos princípios e conceitos da deteção remota, porque é que esses dados podem ser utilizados para produção de informação geográfica;

    • Conceber e desenvolver de forma autónoma um projeto para produção de informação com base em imagens de satélite de resolução espacial variável entre 1 e 1000 m;

    • Selecionar o satélite e o sensor mais adequados para utilizar na produção de vários tipos de informação a diferentes escalas espaciais;

    • Descrever e aplicar algoritmos de classificação de padrões espectrais, espaciais e temporais de imagens de satélite com vista à produção de informação;

    • Avaliar e interpretar o erro na informação derivada de imagens de satélite;

    • Descrever e criticar os benefícios socioeconómicos da deteção remota.

    Informações para Defesa e Segurança (7,5 ECTS)

    Ao concluir a unidade curricular o aluno deve ter atingido os seguintes objetivos:

    • Analisar o conceito de Informações Militares;

    • Conhecer o processo de geração de conhecimento;

    • Conhecer os métodos de pesquisa de informações;

    • Explicar a análise como fator de geração de conhecimento;

    • Conhecer a Contra-Informação (CI) como produto e atividade das informações;

    • Conhecer a Ação Clandestina (AC) como atividade das informações;

    • Conhecer as arquiteturas/sistemas e estruturas de informações;

    • Explicar as falhas das informações na perspetiva da eficácia das estruturas de Informações;

    • Conhecer a arquitetura de informações nacional (Sistema de Informações da República Portuguesa - SIRP);

    • Analisar a eficácia do SIRP.

    Técnicas Analíticas Estruturadas para a Análise de Informações (4 ECTS)

    • Compreensão das especificidades da análise de informações e do papel do pensamento crítico (critical thinking), neste âmbito. A importância de conhecer as diversas técnicas para a transparência dos processos analíticos de suporte à tomada de decisão política;

    • Aquisição de conhecimentos e aplicação de diferentes metodologias de análise, no âmbito das informações, nomeadamente nas categorias de decomposição e visualização (cronologias e fitas do tempo, matrizes e imagens), geração de ideias (brainstorming estruturado, matriz de impactos cruzados), cenarização (análise de futuros alternativos), geração de hipóteses (análise de hipóteses em competição), avaliação de causa e efeito (verificação de assunções-chave, análise red hat), challenge analysis (Método Delphi e eventos de alto impacto e baixa probabilidade), gestão de conflito (debate estruturado) e apoio à decisão (gestor de complexidade);

    • Aquisição de conhecimentos que permitam a escolha das metodologias adequadas em face de situações concretas.
  • Semestre Primavera

    Geospatial Intelligence (GEOINT) - CAPSTONE (7,5 ECTS)

    Após conclusão do curso com sucesso, os alunos deverão ser capazes de:

    • Descrever as necessidades chave de Geoespacial Intelligence (GEOINT) relacionadas com a vigilância, aquisição de objetivos e navegação;

    • Desenvolver estratégias, metodologias e ferramentas de gestão de informação geográfica, para analisar questões suscitadas pelo uso de informação de GEOINT;

    • Modelar, monitorizar, e simular fenómenos geográficos, estratégicos, militares, demográficos e ambientais em diversos contextos de análise;

    • Utilizar ferramentas de exploração e metodologias análise para reduzir os níveis de incerteza relacionados com a resolução de problemas de natureza geográfica;

    • Conceção e desenvolvimento de sistemas e tecnologias que atendam às necessidades de informação geográfica dentro de um contexto organizacional;

    • Criar e implementar estratégias para capturar, utilizar ou incorporar dados geoespaciais e os seus correspondentes metadados;

    • Avaliar criticamente os potenciais impactos da qualidade dos dados na análise espacial e tomada de decisão num contexto organizacional;

    • Estar familiarizado com as teorias e protocolos envolvidos na interpretação de imagens de radar, imagens de infravermelhos, imagens multiespectrais, e vídeo em tempo real, bem como, mapas antigos, conjuntos de dados geoespaciais digitais, e novas fontes de dados (ou seja, sistemas de sensores, feeds de redes sociais);

    • Desenvolver o pensamento crítico, a colaboração e a capacidade de comunicação;

    • Preparar e apresentar relatórios de GEOINT, à medida, para suporte à tomada de decisão num leque variado de situações (defesa, segurança, proteção civil, entre outras).

    Interpretação de Imagens (IMINT) (7,5 ECTS)

    • Compreender o papel da IMINT nas áreas da defesa, segurança e economia;

    • Compreender o processo de análise e interpretação de imagens em ambiente SIG;

    • Utilizar imagens (aéreas ou de satélite) óticas para produzir informações e relatórios;

    • Conhecer e compreender as principais estruturas estratégicas relacionadas com transportes - Aeroportos, Portos e
      Vias de Comunicação;

    • Conhecer e compreender as principais estruturas estratégicas relacionadas com forças armadas e de segurança;

    • Conhecer e compreender as principais estruturas estratégicas relacionadas com a economia e desenvolvimento;

    • Saber utilizar a imagem para monitorizar atividades;

    • Criar relatórios de análise de imagem.

    Modelação em Sistemas de Informação Geográfica (7,5 ECTS)

    A unidade curricular (UC) de Modelação em SIG tem por objetivo fornecer o quadro de conceitos úteis à modelação de processos espacialmente explícitos. O curso inicia-se com uma introdução a análise de sistemas, que fornece as bases para a concepção e desenho de modelos de processos reais. Serão estudados os modelos "lógicos", ou modelos baseados em regras que um SIG, por si só, pode suportar. Será explorada a modelação dinâmica, onde a componente do tempo é fundamental. Finalmente, serão examinadas as questões relacionadas com a implementação de modelos de serviços de ecossistemas.

    Social Network Intelligence (4 ECTS)

    • Compreender e utilizar métodos de análise de informações em redes sociais;

    • Desenvolvimento de mapas estratégicos;

    • Conhecimento das ferramentas disponíveis para monitorizar redes sociais;

    • Capacidade de análise da mensagem e recolha de informações para apoiar a decisão.

    Tópicos avançados em Geospatial Intelligence (4 ECTS)

    Esta Unidade Curricular decorre em formato de Seminário com oradores convidados especialistas nas matérias de GEOINT, bem como de instituições nesta área.

Corpo Docente

O corpo docente e a equipa técnica são constituídos por Professores altamente especializados, de reconhecida competência nas suas áreas de conhecimento, de modo a garantir a qualidade do ensino e do acompanhamento adequado aos alunos.

Duração

O curso tem a duração de 2 semestres letivos. As aulas iniciam-se em setembro e terminam em junho e funcionam em regime pós-laboral (a partir das 18h30), 2 a 3 vezes por semana.

Admissões e Propinas

O Júri de Admissões da NOVA IMS procura alunos excecionais que possuam o potencial para se tornarem bons técnicos e gestores de excelência, pelo que, qualidades como maturidade, força de vontade e motivação quer na carreira académica quer na profissional são alguns dos atributos que o Júri exige.

2ª Fase de Candidaturas

De 7 de abril a 13 de maio de 2021.

Requisitos de Candidatura

Para ingressar neste curso, o candidato deverá satisfazer as seguintes condições:

  • Possuir grau de Licenciatura em área compatível (concluído até setembro de 2021);
  • Ser proficiente na língua inglesa, falada e escrita.

Como Candidatar-se e Processo de Seriação dos Candidatos

Para a candidatura ser considerada completa, o candidato terá de preencher o formulário disponível no Portal de Candidaturas da NOVA IMS, assim como fazer o upload do Curriculum Vitae, escolher o curso de candidatura e efetuar o pagamento da taxa de candidatura na mesma aplicação.

O processo de seleção dos candidatos é realizado com base na análise do currículo académico e profissional. Os membros do Júri de seleção poderão deliberar a realização de uma entrevista aos candidatos.

Taxa de Candidatura

O valor da taxa de candidatura é de 51€. A candidatura só será considerada submetida após o pagamento da taxa de candidatura dentro do prazo estipulado, não reembolsável em caso de desistência ou de não admissão no curso.

Valor das Propinas

O valor das propinas da pós-graduação é de 4.100€.

Datas de Pagamento das Propinas

A propina poderá ser liquidada na sua totalidade ou em quatro prestações, sendo as datas de pagamento as seguintes:

  • Pagamento na sua totalidade: de 25 a 30 de setembro de 2021.

  • Pagamento em quatro prestações:

    • 1º. De 25 a 30 de setembro de 2021 (correspondente a 25% do valor da propina);
    • 2º. De 25 a 30 de novembro de 2021 (correspondente a 25% do valor da propina);
    • 3º. De 22 a 28 de fevereiro de 2022 (correspondente a 25% do valor da propina);
    • 4º. De 25 a 30 de abril de 2022 (correspondente a 25% do valor da propina).

Custos de Inscrição e Matrícula

Depois de admitidos no curso e no ato de confirmação de ingresso, os alunos deverão fazer o pagamento da pré-inscrição (cerca de 1 semana após a divulgação do resultado de admissão), dedutível no valor da propina e não reembolsável em caso de desistência, com os seguintes valores:

  • 1.000€ para candidatos oriundos dos Estados membros da União Europeia e de Países de Língua Oficial Portuguesa;
  • 2.250€ para candidatos de outros países.

No ato da matrícula, os alunos deverão fazer os seguintes pagamentos:

  • 35€ - referentes aos emolumentos de matrícula (valor atualizado anualmente);
  • 1,40€ - referentes ao seguro escolar anual (valor atualizado anualmente).

Descontos

  • Desconto financeiro: os Alunos que optarem por pagar as propinas num pagamento único têm um desconto de 2,5% sobre o valor a pagar;

  • Os ex-Alunos (de Licenciatura, Pós-Graduação, Mestrado e Doutoramento) da NOVA IMS de curso diferente do que irão frequentar, usufruem de um desconto de 20% sobre o valor da propina, acumulável com o desconto financeiro;

  • As empresas que financiarem um curso a pelo menos 2 colaboradores, no mesmo ano letivo, têm um desconto de 10% sobre o valor da propina, não acumulável com o desconto financeiro;

  • As empresas que financiarem um curso a 3 ou mais colaboradores, no mesmo ano letivo, têm um desconto de 20% sobre o valor da propina, não acumulável com o desconto financeiro;

  • Desconto de 15%, não acumulável com outros descontos, para colaboradores de:
    • Ministério dos Negócios Estrangeiros;
    • Ministério da Administração Interna;
    • Ministério da Defesa Nacional;
    • Ministério da Economia;
    • Ministério das Finanças;
    • Ministério da Justiça.

Nelson Inácio
Engenheiro de Software Sénior | Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
slider item
Escolho a NOVA IMS para o meu desenvolvimento porque as matérias lecionadas nos cursos estão alinhadas com o elevado nível de exigência da minha profissão.