Ver o conteúdo principal

Doutoramento em Gestão de Informação

Doutoramento Gestão De Informacao

Doutoramento em Gestão de Informação

O Programa de Doutoramento em Gestão de Informação visa promover o conhecimento e a inovação no domínio da gestão de informação, em particular na investigação do seu impacto na criação de riqueza, na melhoria de desempenho das organizações e no desenvolvimento de novas metodologias e ferramentas de apoio à decisão.

Este curso tem como objetivo principal a promoção de formação avançada através da investigação, contribuindo para o avanço do conhecimento e para a formação de investigadores, professores do ensino superior e profissionais de elevada qualificação.

O ciclo de estudos de Gestão de Informação está desenhado para incluir quatro áreas:

  • Data-Driven Marketing;
  • Data Science;
  • Geoinformatics;
  • Information Systems.

Este Programa de Doutoramento está integrado na NOVA Escola Doutoral, que tem como principais objetivos desenvolver Boas Práticas Académicas e oferecer formação complementar e gratuita aos seus alunos.

  • Vagas

    Regime

    Pós-laboral

  • Media

    Duração e ECTS

    6 semestres letivos
    (180 ECTS)

  • Semestres

    Frequência

    2 a 3 vezes por semana

  • Lingua

    Data de início

    setembro de 2022

Destinatários image

Destinatários

Este Programa de Doutoramento visa a aquisição avançada de conhecimentos de investigadores, docentes, técnicos e gestores altamente capacitados.

Objetivos

O ciclo de estudos conducente ao grau de Doutor em Gestão de Informação tem como objetivo geral a promoção de formação avançada através da investigação, contribuindo para o avanço do conhecimento e para a formação de investigadores, professores do ensino superior e profissionais de elevada qualificação. A investigação realizada pode apresentar uma abordagem mais teórica ou ser feita num contexto mais aplicado, permitindo a transferência de conhecimentos do meio académico para a sociedade.

A atribuição do grau de Doutor pressupõe que o doutorando tenha adquirido:

 

  • Sólidos conhecimentos científicos no domínio da sua área de especialização;

  • Capacidade para conceber e desenvolver investigação autónoma, de acordo com os padrões de qualidade internacionais, cujos resultados sejam publicáveis em revistas científicas internacionais;

  • Competências de comunicação da investigação realizada e dos resultados obtidos, com os seus pares (e com a comunidade académica em sentido mais lato);

  • Competências para gerar inovação, independentemente de vir a desenvolver uma atividade profissional no mundo académico, ou optar por se integrar no mundo empresarial ou em instituições de administração pública.

Plano de Estudos

A duração normal do programa de Doutoramento é de, no mínimo 6 semestres curriculares em regime de tempo integral, sendo desejável que não exceda o prazo de quatro anos.

A componente curricular decorre nos três primeiros semestres, correspondendo a 40 unidades de crédito (ECTS) que se distribuem entre unidades curriculares obrigatórias (25 ECTS) e optativas (15 ECTS). A conclusão da componente curricular confere um Diploma de Estudos Avançados na respetiva especialidade.

  • Seminário de Investigação I;         
  • Seminário de Investigação II;       
  • Seminário de Investigação III;
  • Tese.

1º Ano

Unidades Curriculares Semestre Professor ECTS
Seminário de Investigação I Semestre Outono Tiago Oliveira 7,5
Seminário de Investigação II Semestre Primavera Paulo Rita 7,5
Unidades Curriculares Optativas Semestre Outono/ Primavera - 15

2º Ano

Unidades Curriculares Semestre Professor ECTS
Seminário de Investigação III Semestre Outono Marco Painho 10

3º Ano

Unidades Curriculares Semestre ECTS
Tese Semestre Outono/ Primavera 140

Unidades Curriculares Obrigatórias

Seminário de Investigação I

Introdução às áreas de investigação da NOVA IMS através de apresentações por parte dos investigadores/docentes da NOVA IMS e respetivas áreas de investigação. Introdução às principais metodologias de investigação, na área da Gestão de Informação. O aluno deve iniciar a definição do seu tema de trabalho, a revisão bibliográfica e apresentar uma proposta preliminar de trabalho de tese.

Seminário de Investigação II

Visa a continuação do trabalho de Seminário I com maior ênfase nas questões metodológicas e na preparação da Proposta do Plano de Trabalhos de Doutoramento. Nesta disciplina, o aluno deve efetuar uma revisão bibliográfica exaustiva e avançada, elegendo, com detalhe, as metodologias que vai utilizar no trabalho da tese. Nesta fase deverá ser definido o orientador de tese.

Seminário de Investigação III

Tem como principal objetivo introduzir o aluno ao trabalho de publicação científica. Funciona com apresentações periódicas dos Alunos e deve terminar com a produção de uma primeira publicação com referee ou a apresentação de resultados preliminares do trabalho na tese numa conferência internacional com referee.

Unidades Curriculares Optativas

Para a conclusão da parte letiva, os Alunos terão de escolher 15 ECTS em Unidades Curriculares Optativas de entre as seguintes:

Unidade Curricular Semestre Docente(s) ECTS
Desenho Experimental Semestre Outono Diego Costa Pinto 5
Desenvolvimento de Escalas Semestre Outono Pedro Simões Coelho 5
Machine Learning Semestre Outono Fernando Bação 7,5
Tópicos Avançados em Ciência da Informação Geográfica Semestre Outono Marco Painho | Pedro Cabral 7,5
Programação Genética Semestre Primavera Leonardo Vanneschi | Mauro Castelli 7,5
Teorias de Adoção e Impacto das Tecnologias Semestre Primavera Tiago Oliveira 7,5
Teste de Teoria com Modelos de Equações Estruturais Semestre Primavera Pedro Simões Coelho 5
Tópicos Avançados em Análise Geoespacial Semestre Primavera Ana Cristina Costa | Roberto Henriques 7,5

Consulte aqui o programa de cada unidade curricular:

  • Semestre Outono

    Desenho Experimental

    Esta unidade curricular pretende desenvolver competências metodológicas e de investigação. No final da unidade curricular, os Alunos deverão ser capazes de:

    • Desenhar, conduzir e analisar experimentos em qualquer campo do conhecimento;
    • Desenvolver e realizar seus próprios estudos experimentais.

    Desenvolvimento de Escalas

    O desenvolvimento de escalas de medição é uma ferramenta fundamental para apoiar a pesquisa em negócios e ciências sociais e em geral para todos aqueles que realizam pesquisas com base em testes teóricos.
    Esta unidade curricular fornece uma introdução ao desenvolvimento de escala no contexto da pesquisa em ciências sociais e negócios. Abrange métodos qualitativos e quantitativos que podem ser usados para criar, operacionalizar, testar e validar diferentes escalas e modelos de medição na estrutura de pesquisa.
    O principal objetivo é fornecer a profissionais, investigadores e estudantes de doutoramento as ferramentas metodológicas para o desenvolvimento de escalas subjacentes ao teste de teorias no contexto das ciências sociais.

    Machine Learning

    Objetivos principais desta unidade curricular:

    • Garantir que os Alunos do programa de doutoramento que pretendem desenvolver o seu projeto de doutoramento na área da ciência dos dados possuem conhecimento teórico avançado e formalmente fundamentado da área da aprendizagem automática;
    • Compreender detalhadamente os principais paradigmas e princípios da aprendizagem automática;
    • Compreender os principais aspetos da avaliação de algoritmos de aprendizagem automática e seleção de modelos;
    • Conhecer as principais áreas de investigação em aprendizagem automática na NOVA IMS;
    • Ser capaz de desenvolver, testar e avaliar o desempenho de protótipos de modelos de aprendizagem em Python e scikit-learn;
    • Ser capaz de analisar criticamente artigos científicos e entender as problemáticas associadas.

    Tópicos avançados em Ciência da Informação Geográfica

    Principais objetivos da unidade curricular:

    • Identificar as propriedades da Informação Geográfica (IG);
    • Reconhecer a importância da IG na atualidade;
    • Perceber a utilização da IG em vários domínios;
    • Conhecer e utilizar conceitos relacionados com o uso da IG e tecnologias associadas;
    • Compreender as relações entre Ciência da IG (CIG) e SIG;
    • Identificar as principais componentes da CIG;
    • Enquadrar os principais problemas geográficos no contexto da CIG e explorar as suas relações e desafios;
    • Reconhecer as vantagens de apresentar um modelo funcional global de SIG;
    • Compreender de forma crítica os principais desafios de investigação da CIG;
    • Perceber o conceito de modelação espacial e a sua importância em SIG;
    • Identificar diversas metodologias de modelação espacial e reconhecer a sua adequabilidade tendo em conta os objectivos do projecto e as restrições de dados existentes.
  • Semestre Primavera

    Programação Genética

    Principais objetivos desta unidade curricular:

    • Introduzir os principais conceitos de Computação Evolutiva, motivando a sua importância em diversos cenários aplicativos;
    • Introduzir a Programação Genética, explicando porque e como ela é particularmente apropriada para Data Science (e, portanto, criando uma importante ligação com a disciplina de Machine Learning);
    • Apresentar as tendências recentes e os temas mais quentes de investigação na área da Programação Genética;
    • Introduzir o conceito de Neuro-evolução, e alguns dos seus possíveis aspetos.

    Teorias de Adoção e Impacto das Tecnologias

    Esta unidade curricular pretende desenvolver competências metodológicas e de investigação. No final do curso, os Alunos deverão ser capazes de:

    • Discutir criticamente as noções e conceitos chave relacionados com os modelos de adoção de tecnologias de informação (TI) e modelos de impacto das TIs;
    • Realizar investigação científica relacionada com os modelos de adoção e/ou de impacto (valor) das TIs;
    • Apresentar de forma correta os resultados de investigação científica;
    • Criticar construtivamente e avaliar os resultados dos colegas;
    • Avaliar os resultados dos colegas;
    • Escrever um artigo científico publicável num jornal de elevado impacto (Q1 ou nível 3 na lista ABS).

    Teste de Teoria com Modelos de Equações Estruturais

    Com a conclusão desta unidade curricular, os Alunos deverão estar familiarizados com as várias etapas associadas com a especificação, identificação, estimação, avaliação e modificação de modelos de equações estruturais necessários para testar teorias em ciências sociais.
    Os Alunos deverão ainda ser capazes de selecionar os métodos de estimação mais adequados ao contexto em que trabalham, conhecer as condições de aplicação de cada método e tomar as decisões mais adequadas em cada etapa da modelação.
    Finalmente os Alunos deverão ser capazes de organizar e apresentar os resultados produzidos e escrever a secção de resultados de um relatório ou artigo científico.

    Tópicos Avançados em Análise Geoespacial

    No final desta unidade curricular, os Alunos deverão ser capazes de:

    • Usar ferramentas avançadas de Análise Exploratória de Dados Espaciais;
    • Descrever características e padrões de dados espaciais;
    • Verificar os pressupostos dos modelos de regressão, compreender as consequências da violação dos pressupostos; aplicar correções; interpretar resultados;
    • Compreender os modelos de regressão espacial, discutir as suas limitações, usar o modelo adequado e interpretar os resultados;
    • Compreender as implicações do prefixo espacial em Spatial Data Mining e os conceitos de Spatial associations e Spatial outliers;
    • Compreender a aprendizagem não supervisionada para dados espaciais e analisar os algoritmos mais importantes;
    • Compreender a aprendizagem supervisionada para problemas de classificação espacial e de regressão espacial e analisar os principais algoritmos;
    • Entender a análise de dados espaciotemporais e dados de trajetórias;
    • Identificar as principais áreas de investigação da análise geoespacial e compreender as limitações dos métodos atuais.

Corpo Docente

Duração e Horário

Duração

O Programa tem a duração de 6 semestres letivos e integra a componente curricular nos três primeiros semestres, distribuindo-se entre 25 ECTS em Unidades Curriculares Obrigatórias (Seminários de Investigação I, II e III) e 15 ECTS em Unidades Curriculares Optativas. As aulas do 1º e 2º semestres do curso iniciam-se em setembro de 2022, terminam em junho de 2023 e funcionam em regime pós-laboral (a partir das 18h30), 2 a 3 vezes por semana. 

Horário

Semestre Primavera: consulte o horário para o ano letivo 2021-2022 aqui.

Admissões e Propinas

Admissões e Propinas

O Júri de Admissões da NOVA IMS procura alunos excecionais que possuam o potencial para se tornarem bons técnicos e gestores de excelência, pelo que, qualidades como maturidade, força de vontade e motivação quer na carreira académica quer na profissional são alguns dos atributos que o Júri exige.

2ª Fase de Candidaturas

De 20 de abril a 26 de maio de 2022.

Requisitos de Candidatura

Para ingressar no Programa de Doutoramento, o candidato deve satisfazer uma das seguintes condições:

  • Possuir o grau de mestre, ou equivalente legal, ou, em alternativa, o grau de licenciado correspondente a uma licenciatura com um número de unidades de crédito igual ou superior a 240, e neste caso possuir uma classificação final mínima de 16 valores nesse ciclo de estudos;
  • Possuir o grau de licenciado e ser detentor de um currículo escolar ou científico especialmente relevante, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da NOVA IMS como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos;
  • Os candidatos devem ter ainda um bom domínio, falado e escrito, da língua inglesa.

Como Candidatar-se

A candidatura completa deverá incluir a seguinte documentação:

  • Preenchimento do formulário disponível em Portal de Candidaturas da NOVA IMS;
  • Curriculum Vitae;
  • Bilhete de Identidade/Cartão do Cidadão ou Passaporte (opcional);
  • Certificado de habilitações discriminando as classificações obtidas (opcional);
  • Se pretender submeter pedido de Bolsa de Doutoramento à FCT- MCTES (e só nesse caso), será necessário entregar também Plano de Trabalho e Carta de Aceitação do Orientador;
  • Declaração de Intenções (Letter of Intent), em que o candidato explica as razões pelas quais está interessado em realizar o Programa de Doutoramento;
  • Duas cartas de recomendação (opcional).

Critérios de Seriação dos Candidatos

O processo de seriação dos candidatos é feito através de:

  • Classificação do Mestrado e/ou Licenciatura;
  • Análise do currículo académico e científico;
  • Análise do currículo profissional.

Os membros do Júri de seleção poderão deliberar a realização de uma entrevista aos candidatos.

Taxa de Candidatura

O valor da taxa de candidatura é de 51€. A candidatura só será considerada submetida após o pagamento da taxa de candidatura dentro do prazo estipulado, não reembolsável em caso de desistência ou de não admissão no curso.

Custos de Inscrição e Matrícula

Depois de admitidos no curso e no ato de confirmação de ingresso, os alunos deverão fazer o pagamento da pré-inscrição (cerca de 1 semana após a divulgação do resultado de admissão), dedutível no valor da propina e não reembolsável em caso de desistência, com os seguintes valores:

  • 1.150€ para candidatos oriundos dos Estados membros da União Europeia e de Países de Língua Oficial Portuguesa;
  • 1.500€ para candidatos de outros países.

No ato da matrícula, os alunos deverão fazer os seguintes pagamentos:

  • 35€ - referentes aos emolumentos de matrícula (valor atualizado anualmente);
  • 1,40€ - referentes ao seguro escolar anual (valor atualizado anualmente).

Os emolumentos de matrícula para o 2º ano e seguintes serão de 35€ (valor atualizado anualmente).

Valor das Propinas

O valor das propinas para o Doutoramento é de 3.000€ por ano letivo.

Datas de Pagamento das Propinas

A propina do 1.º ano poderá ser liquidada na sua totalidade ou em quatro prestações, sendo as suas datas de pagamento as seguintes:

  • Pagamento na sua totalidade: de 25 a 30 de setembro de 2022.
  • Pagamento em quatro prestações:
    • 1º. De 25 a 30 de setembro de 2022 (correspondente a 25% do valor da propina);
    • 2º. De 25 a 30 de novembro de 2022 (correspondente a 25% do valor da propina);
    • 3º. De 22 a 28 de fevereiro de 2023 (correspondente a 25% do valor da propina);
    • 4º. De 25 a 30 de abril de 2023 (correspondente a 25% do valor da propina).

Descontos

  • Desconto financeiro: os Alunos que optarem por pagar as propinas num pagamento único têm um desconto de 2,5% sobre o
    valor a pagar;
  • Os ex-Alunos (de Licenciatura, Pós-graduação, Mestrado e Doutoramento) da NOVA IMS de curso diferente do que irão
    frequentar, usufruem de um desconto de 20% sobre o valor da propina, não acumulável com o desconto financeiro.

Bolsas e Outros Apoios Financeiros

A Coordenação do Programa de Doutoramento incentiva e providencia todo o apoio aos doutorandos na preparação de processos de candidatura a bolsas ou outros apoios financeiros. Os candidatos aceites no Programa de Doutoramento da NOVA IMS têm tradicionalmente uma muito elevada taxa de sucesso na candidatura a bolsas de doutoramento FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia. 

NOVA Escola Doutoral

NOVA Escola Doutoral

O programa de Doutoramento em Gestão de Informação está integrado na NOVA Escola Doutoral (NED), a Escola Doutoral da Universidade Nova. A NED tem como objetivo promover a qualidade, a interdisciplinaridade e a internacionalização dos programas doutorais de toda a universidade e reforçar a formação pessoal e profissional dos doutorandos, através de programas de treino de competências transversais. Neste contexto, a NED promove:

  • A oferta de formação complementar aos doutorandos;
  • A organização de atividades científicas e académicas que promovam a interdisciplinaridade, criando um espaço aberto de discussão e criatividade;
  • A partilha das melhores práticas quer entre programas doutorais da universidade, quer através de parcerias com outras Instituições de Ensino Superior;
  • A criação de mecanismos de colaboração com as empresas e com a sociedade em geral.

A participação nas atividades da NED é gratuita para todos os doutorandos da NOVA IMS. Mais informações sobre a NOVA Escola Doutoral em www.unl.pt/escola-doutoral.

Nova Escola

Perguntas mais Frequentes

Tem uma questão? Explore as perguntas mais frequentes e encontre a resposta aqui! Se não encontrou a resposta, entre em contato connosco!

  • Candidatura

    Quando me posso candidatar?

    Só durante a fase de candidaturas é que é possível submeter a candidatura. A data da fase de candidaturas está disponível na página Admissões e Propinas de cada curso. No entanto, poderá preencher o formulário de candidatura em qualquer altura, submetendo o mesmo quando a fase de candidaturas começar.

    Como posso candidatar-me?

    As candidaturas são submetidas online, através do Portal de Candidaturas da NOVA IMS. Para submeter a candidatura, os candidatos deverão registar-se no Portal, preencher o formulário na área de utilizador do referido portal, fazer upload do seu Curriculum Vitae, escolher o curso de candidatura e efetuar o pagamento da taxa de candidatura na mesma aplicação. O processo de candidaturas é igual para todos os candidatos, quer nacionais ou internacionais.

    Que documentos são necessários para efetuar a candidatura?

    O único documento obrigatório durante o processo de candidatura é o Curriculum Vitae (em ficheiro doc ou pdf). O candidato pode fazer upload de outros documentos como o certificado de habilitações ou diploma de grau académico.

    Como converto um ficheiro para .PDF?

    Segue uma lista com websites onde pode fazer a conversão de documentos para formato .PDF, apenas como referência:

    Há taxa de candidatura?

    Este Mestrado tem um acordo especial quanto à taxa de candidatura, pelo que para ficar isento desta taxa (51€), o candidato deverá escolher “código promocional” como método de pagamento e introduzir o código: “NOVAIMS_GEOTECH”. A candidatura será submetida com sucesso após a introdução do código. Este código pode ser apenas aplicado no Mestrado em Geospatial Technologies.

    Posso candidatar-me a mais que um curso?

    Poderá candidatar-se no máximo a 2 cursos por período de candidatura, mediante o pagamento da respetiva taxa de candidatura para cada um dos cursos submetidos, ou seja, a candidatura a 1 curso equivale ao pagamento de uma taxa de candidatura e a candidatura a 2 cursos equivale ao pagamento de duas taxas de candidatura.

    Tenho licenciatura. Posso candidatar-me?

    É elegível para se candidatar se possuir o grau de licenciado correspondente a uma licenciatura com um número de unidades de crédito igual ou superior a 240, e neste caso possuir uma classificação final mínima de 16 valores. O candidato deve ser detentor de um currículo escolar ou científico especialmente relevante, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da NOVA IMS como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

    No formulário de candidatura é solicitado o Número de Identificação Fiscal (NIF). O que é o NIF? Não tenho NIF, o que devo colocar?

    Em Portugal, o número de identificação fiscal (NIF) tem como objetivo identificar uma entidade fiscal ou contribuinte, em declarações de impostos ou transações financeiras. Se não tem NIF ou semelhante, no campo correspondente do formulário no Portal de Candidaturas, deve colocar “999999999”.

    O que escrever no campo “Objetivos/motivação para a candidatura a este programa”?

    Neste campo indique:

    • De que forma o background (profissional e académico) se ajusta ao curso;
    • Quais os seus objetivos profissionais a curto prazo;
    • Quais as suas expectativas com a frequência deste curso.
  • Admissão

    Como é o processo de seleção?

    O processo de seleção baseia-se na análise do currículo académico e profissional. Os membros do Júri de seleção poderão deliberar a realização de uma entrevista aos candidatos.

    Caso seja contactado/a para realizar uma entrevista, a mesma pode ser feita à distância?

    Sim, pode ser feita à distância, preferencialmente, por via Skype.

    Quando é que sei o resultado da candidatura?

    O resultado da candidatura será divulgado via email em data a ser comunicada no email de confirmação de candidatura submetida e/ou pelo Júri de Seleção/Gestor de Programa.

    Fui admitido/a no curso e agora?

    Em caso de admissão, o candidato deve proceder ao pagamento da taxa de pré-inscrição, até à data limite de pagamento (cerca de 1 semana após a divulgação do resultado), bem como efetuar o upload do Certificado de Habilitações do último grau académico (ex.: Licenciatura, Mestrado e Doutoramento) na sua área de utilizador do Portal de Candidaturas.

    Posso frequentar mais do que um curso por ano letivo?

    Sim, pode frequentar dois cursos por ano letivo, embora seja desaconselhado. Chamamos a atenção para o facto de poder existir sobreposição de horário das Unidades Curriculares Obrigatórias de cada curso, bem como sobreposição de exames.

    Fui admitido/a a dois cursos, mas só pretendo ingressar num curso. O que devo fazer?

    Em caso de admissão a dois cursos, o candidato terá de escolher, no Portal de Candidaturas, o curso no qual pretende ingressar. Após a escolha do curso pretendido e efetuar o pagamento da pré-inscrição, deverá selecionar a opção “Desisto” no 2º curso, que não pretende ingressar. Assim, a sua vaga é libertada a um candidato que se encontra em Lista de Espera.

    Encontro-me em Lista de Espera. Ainda posso ser Admitido/a?

    Uma vez que é possível os candidatos candidatarem-se a dois cursos por período de candidaturas, existirão casos em que o mesmo candidato foi admitido aos dois cursos, mas pretende ingressar apenas a um. Nesses casos e caso o número limite de vagas não esteja concluído, a vaga sobrante será atribuída a um candidato em Lista de Espera.

    Pretendo fatura pelo pagamento da taxa de candidatura/pré-inscrição.

    A Fatura-Recibo ficará disponível neste Portal de Candidaturas até 2 dias úteis após o pagamento, no separador “Faturação/Tesouraria”.

    Fui admitido/a no curso, mas preciso de visto. Como devo proceder?

    A NOVA IMS emitirá um documento que comprova a sua admissão no curso, que será enviado ao Aluno e à Embaixada. A emissão deste documento será apenas validada após o pagamento da taxa de pré-inscrição. Não obstante a emissão deste documento, terá que contactar a Embaixada ou Consulado Português no seu país para obter mais informações.

  • Outras Informações

    O curso é lecionado em Português ou Inglês?

    Dada a diversidade de nacionalidades dos Alunos, praticamente todas as unidades curriculares são lecionadas na língua inglesa.

    Existem bolsas de estudo?

    A NOVA IMS não atribui bolsas de estudo. No entanto, a Universidade Nova de Lisboa atribui bolsas de estudo a alunos que estejam matriculados em programas de Mestrado, através dos Serviços de Ação Social. Para mais informações, por favor, visite a página: https://sas.unl.pt/bolsas-de-estudo/ ou contacte: bolsas@unl.pt.

    Posso estacionar dentro do campus?

    Os alunos poderão estacionar as suas viaturas dentro do campus, desde que tenham cartão de acesso. Existem várias zonas de estacionamento no campus e junto à NOVA IMS. O pedido de acesso de viaturas ao Campus de Campolide é feito através de inscrição ou renovação da inscrição e posterior pagamento. Para tal, os interessados deverão registar-se no sistema e selecionar o tipo de acesso. Posteriormente, receberão todos os dados para o pagamento. De referir que a gestão dos lugares de estacionamento é da exclusiva responsabilidade da Reitoria da NOVA. Para mais informações, visite a página www.unl.pt/nova/estacionamento.

    Existe alojamento no Campus?

    Os Serviços de Ação Social da Universidade Nova de Lisboa possuem três residências universitárias (uma das quais no Campus de Campolide) para uso dos Alunos bolseiros portugueses e de estudantes estrangeiros. A capacidade das residências é limitada e não poderemos garantir vagas. O nome poderá ser colocado numa lista de espera, mas apenas após confirmação de admissão ao curso que pretende ingressar. Para mais informações sobre as residências, por favor visite a página https://sas.unl.pt/alojamento/.

    Caso seja admitido no curso e pretenda alojamento numa das residências universitárias da Universidade Nova de Lisboa, contacte por favor: adnovaims@novaims.unl.pt.

Caetano Haberli Júnior
Consultor | CHJ Negócios, Estratégias e Pesquisa
Frank Bivar Franque
Doutorando Consultor | Trustly
Yasser Al Helaly
Aluno de Doutoramento e Investigador | Doutoramento em Gestão de Informação
Saleh Shuqair
Investigador | NOVA IMS
slider item
O Doutoramento em Gestão de Informação da NOVA IMS é extraordinário. A satisfação pessoal e profissional pode ser interpretada como crescimento. Cresci em minhas competências ao lado de gigantes. Obrigado NOVA IMS!
slider item
A NOVA IMS oferece uma ótima experiência para estudantes internacionais. A qualidade do Programa de Doutoramento em Gestão de Informação é excecional e muito enriquecedora, fornecendo ferramentas importantes para o percurso de um investigador. Também é importante referir a qualidade e motivação dos professores envolvidos na formação dos novos investigadores.
slider item
O Programa de Doutoramento em Gestão de Informação correspondeu a todas as minhas expectativas não só a nível académico, mas também no nível de pesquisa avançada no campo emergente dos Sistemas de Informação. Desde o primeiro dia na NOVA IMS, senti-me confortável, como se estivesse em casa. O corpo docente e os orientadores encorajam-nos incansavelmente a partilhar as nossas ideias de forma livre e ensinam-nos a ser investigadores de alta qualidade. Tenho muito orgulho de fazer parte desta comunidade conceituada e altamente profissional.
slider item
A experiência foi pessoalmente enriquecedora, única e gratificante. O nível de apoio que recebi do corpo docente ajudou-me a preparar para uma excelente carreira académica e de investigação. Na verdade, o Programa de Doutoramento fornece uma formação de metodologia rigorosa, uma orientação dedicada, bem como um ambiente de investigação muito forte, exemplificado por seminários frequentes.